portfolio web templates

RICARDO
IMPERATORE

 

BIOGRAFIA

De 1995 a 2000 Imperatore colaborou com artistas como Natalie Cole, Susan Vega, Man At Work, Midnight Oil, Marisa Monte, Titas, Tom Capone, Monobloco, Ivo Meirelles, Cassiano entre outros.

A partir de 2001 Imperatore, inicia o projecto boTECOeletro. O projecto, influenciado pelo pelo folk brasileiro, a música erudita, assim como a música pop e de raiz popular, valeu a boTECOeletro o prémio de melhor álbum eletrónico de 2005 no Prémio da Música Brasileira (o equivalente brasileiro aos Grammys). 

Em 2012 Imperatore lança boTECOeletro Vol. 2, que mais uma vez é nomeado melhor álbum eletrónico na edição 2013 do Prémio da Música Brasileira. 

GALERIAS

boTECOeletro

O melhor de dois mundos.

Ricardo Imperatore num Boteco do Rio

Ricardo Imperatore num boteco do Rio

O nome Botecoeletro vem da união de duas paixões distintas: Uma velha paixão pelos Botecos do Rio, onde tanta coisa se passa e onde tanta cultura se fez, e um novo amor - a música eletrónica.

Nesta fotografia podemos ver a Adega da Praça, um boteco típico do Rio de Janeiro imortalizado na capa do boTECOeletro Volume 2.

Botecoeletro Vol 1

boTECOeletro

©2004 - Prémios da Música Brasileira 2005
Melhor Álbum Electrónico.

Segundo Imperatore, o “Brasileirismo” é a base do conceito de BoTECOeletro. Marisa Monte afirmou o seguinte: "Botecoeletro deixou-me uma marca muito positiva, quando o ouvi pela primeira vez. Fico feliz por terem todos a mesma oportunidade que eu tive de o conhecer este disco."

Botecoeletro Vol 2

boTECOeletro Vol. 2

©2009 - Prémios da Música Brasileira 2005
Nomeado Melhor Álbum Electrónico.

Mais uma vez trata-se de um disco inovador, cheio de influências da música de raiz brasileira, onde encontramos a presença de nomes como Baden-Powel ou Zé Ramalho, entre tantos outros.

MAIS IMPERATORE

CONTACTOS